.: A nova e problemática Via Costeira

TRIBUNA DO NORTE – 11/dez/2009
Coluna E-TURISMO

São muitas as falhas detectadas na “nova” Via Costeira. Uma delas – e talvez a mais perigosa – é a descontinuidade da pista próxima ao Ocean Palace Hotel, onde uma curva surge repentinamente. Depois de alguns acidentes, pelo menos foi colocada uma placa de sinalização. Já em frente ao Pestana Natal o motorista tem que fazer uma contramão, no sentido Ponta Negra, para pegar a via, já que a rotatória fica após à saída do hotel. No Serhs o fato chega a ser curioso, para não dizer deplorável. Imaginem que em alguns casos os hóspedes são deixados na própria pista, para atravessarem por cima do canteiro. A explicação: o retorno é longe e se o ônibus entrar no hotel tem dificuldade – ou impossibilidade – de manobrar, na volta.

Já no trecho onde se pratica parapente, entre o Ocean Palace e o SERHS, a pista dupla às vezes se torna única, pois os carros param em plena via, sem cerimônia e sem repreensão, e deixam apenas uma pista para o tráfego. Aliás, a Via Costeira não oferece pista dupla em sua totalidade. Às vezes o espaço estreita tanto que é impossível dois ônibus trafegarem lado a lado. Para concluir, não custa lembrar que durante a realização de recentes eventos, como congressos de porte médio no Centro de Convenções, jogos do ABC no Frasqueirão e sobretudo o Carnatal, a “nova” Via Costeira deu um nó de tão engarrafada.

%d blogueiros gostam disto: