Bebê morto em atentado é enterrado em Ponta Negra

Tribuna do Norte – 28/jun/2010
Repórter: Ciro Marques
Foto: Adriano Abreu

Dezenas de pessoas protestaram contra a violência em Ponta Negra durante o enterro.

O bebê Rafael Alexandre, que nesta segunda-feira (28) completaria sete meses, foi enterrado por volta das 9h, no cemitério de Ponta Negra, na zona Sul de Natal. Durante o enterro, muita comoção e revolta da comunidade, que cobra a prisão dos responsáveis pela morte do bebê – atingido por um tiro na noite de sábado (26), na rua Morro do Careca.

“Queremos justiça. Um bebê inocente morreu e muitas pessoas ficaram feridas. Os responsáveis têm que ser presos”, afirmou Edilma do Nascimento Silva, mãe de Darleiluana Nascimento, que foi atingida no quadril por dois disparos na noite de sábado.

“Nós pegaremos os culpados. Depois do enterro, aguardo os envolvidos aqui para nos ajudarem na investigação”, afirmou o delegado Luiz Lucena, titular da delegacia de Ponta Negra, que investiga o crime.

Além do bebê Rafael Alexandre e de Darleiluana, outras quatro pessoas ficaram feridas. Destas, três já foram liberadas após receberem atendimento médico e uma continua internada, Fabiola Figueiredo, de 14 anos, que foi atingida nas costas e corre risco de ficar paralítica.

Segundo informações do coronel Alarico Azevedo, por volta das 22h30, um veículo branco parou próximo a casa, que fica em uma esquina, e os ocupantes atiraram contra quem estava na rua.

Após atingir quatro pessoas, incluindo um bebê, que estavam em frente de casa após a comemoração de um aniversário, os ocupantes do veículo ainda atiraram contra duas mulheres alguns metros depois e, em seguida, fugiram sem deixar pistas.

%d blogueiros gostam disto: